Páginas

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Rota do Mar inaugura megaloja de R$ 1,5 milhão em Santa Cruz do Capibaribe

A indústria de confecções Rota do Mar inaugura nesta quinta-feira, em Santa Cruz do Capibaribe, a sua primeira megastore, batizada de Rota do Mar Complex. O empreendimento de R$ 1,5 milhão já abre as portas com o título de maior do país na área de surf e street wear. O projeto é ousado: além de oferecer um mix diversificado na área de vestuário e de acessórios, o espaço dispõe de heliponto, restaurante, cafeteria, estacionamento de 3,3 mil metros quadrados e local de descanso para guias e motoristas de excursões que aportam no polo têxtil do Agreste. 



“A inauguração  ocorre em tempo hábil para o tradicional incremento das compras de fim de ano, o que é mais um ponto favorável”, destacou Arnaldo Xavier, diretor-presidente da empresa. A abertura ocorrerá a partir das 20h, com a presença do garoto-propaganda da grife pernambucana, o ator Caio Castro.



São aproximadamente 1,4 mil metros quadrados de área de vendas. O local inclui ainda as lojas AB&C Moda Infantil, Barouch Jeans, Camboriú Fitness e Moda Praia, Medida Certa (moda feminina e masculina), Michelle Lingerie e Toda Bela (moda feminina). No total, a estrutura ocupa um terreno de 4,9 mil metros quadrados, o equivalente a quatro quadras de futsal. 



“O projeto Rota do Mar Complex foi amadurecido ao longo dos últimos anos. Amplamente discutido entre os envolvidos, ele teve por base o desempenho das nossas unidades já em funcionamento e o resultado de pesquisas amplas realizadas em mercados de outras regiões do Brasil e de países da Europa, Oriente e América do Norte. Isso é perceptível tanto na concepção da iniciativa como em aspectos mais práticos, a exemplo das soluções contemporâneas em arquitetura comercial”, ressalta Xavier.



Fundada em 1996 pelos empresários Arnaldo Xavier e Marta Ramos, a Rota do Mar é uma das maiores indústrias têxteis do Norte e Nordeste. Ela possui três fábricas, um show room e cinco lojas próprias no Agreste pernambucano, além de uma unidade licenciada na Paraíba. A companhia sediada em Santa Cruz do Capibaribe tem 580 colaboradores e gera 600 empregos indiretos em nove prestadoras de serviço. Anualmente, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês.

Fonte: Diário de Pernambuco